• SAKABATOU DE YAHIKO

    Sinopse:

    Himura Kenshin é um andarilho com o passado negro, ele não era um simples samurai, e sim o assassino mais habilidoso do império, quando a revolução enfim conquistou o poder, ele apenas sumiu, jurando nunca mais matar ninguém. Depois de 10 anos de caminhada, Kenshin encontra em Tokyo Kamiya Kaoru, uma mestre espadachim, e junto com outros amigos enfrentam inimigos do passado negro de Kenshin.

  • RUROUNI KENSHIN Nº 28

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • RUROUNI KENSHIN Nº 27

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • RUROUNI KENSHIN Nº 25

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • RUROUNI KENSHIN Nº 24

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • RUROUNI KENSHIN Nº 23

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • SAMURAI X – KENSHIN KADEN

    Kenshin KADEN reúne, pela primeira vez, tudo que os fãs sempre quiseram saber sobre a obra máxima de Nobuhiro Watsuki. O livro de 164 páginas tem 32 delas totalmente coloridas com as ilustrações originais publicadas na revista japonesa Shonen Jump. Além disso, traz uma história inédita e muito aguardada pelos fãs do mangá, que revela o que aconteceu com Kenshin, Kaoru, Yahiko, Sanosuke, Megumi, Aoshi, Misao e Saitou após os eventos vistos nas páginas de Samurai X. Nas páginas de Kenshin KADEN, o leitor também encontra um resumo detalhado repleto de curiosidades, com todas as passagens importantes da história de Kenshin Himura. Mas não é só isso. Kenshin KADEN ainda traz fichas oficiais de todos os personagens do mangá, até daqueles secundários, que só fizeram pequenas aparições na série. O livro ainda apresenta uma detalhada compilação de todas as técnicas, estilos de lutas e armas usadas ao longo de Samurai X. É uma verdadeira aula sobre artes marciais. Para os fãs mais ardorosos, os números (você sabe quantas vezes Kenshin diz “oro” na série?), as trapalhadas (se lembra de todas as vezes que Kenshin apanhou da Kaoru?) e as referências (e a vez em que Kaoru imitou o protagonista do mangá “Fist of the North Star”?) estão todos reunidos nas páginas de Kenshin KADEN. Já os segredos de bastidores são contados pelo próprio autor, Nobuhiro Watsuki, em entrevistas exclusivas feitas pelos editores japoneses do livro. Outros mangakás de sucesso, como Hiroyuki Takei (autor de Shaman King) e Oda Eiichiro (One Piece), que eram seus assistentes na época de Samurai X, dão sua opinião sobre a Saga de Battousai e falam sobre sua relação com o “sensei” Watsuki. Kenshin KADEN é leitura obrigatória para quem se interessa pelo Japão da Era Meiji e seus fascinantes samurais. Também é referênica para quem não conseguiu deixar de se encantar pelas aventuras de Samurai X.

  • RUROUNI KENSHIN Nº 20

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • RUROUNI KENSHIN Nº 18

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • RUROUNI KENSHIN Nº 17

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • COLEÇÃO SAMURAI X + SAKABATOU DE YAHIKO

    Sinopse:

    Himura Kenshin é um andarilho com o passado negro, ele não era um simples samurai, e sim o assassino mais habilidoso do império, quando a revolução enfim conquistou o poder, ele apenas sumiu, jurando nunca mais matar ninguém. Depois de 10 anos de caminhada, Kenshin encontra em Tokyo Kamiya Kaoru, uma mestre espadachim, e junto com outros amigos enfrentam inimigos do passado negro de Kenshin.

  • RUROUNI KENSHIN Nº 16

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • RUROUNI KENSHIN Nº 15

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • RUROUNI KENSHIN Nº 14

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • BUSO RENKIN Nº 07

    Em uma noite, o colegial Mutou Kazuki acaba vendo um monstro prestes a atacar uma garota. Ele pula na frente para salvá-la e acaba morrendo. Na manhã seguinte, Kazuki acorda como se nada tivesse acontecido e tudo não passasse de um pesadelo, mas mal sabe ele que sua vida foi salva pelo poder da Alquimia. Mas quem era a misteriosa garota? O que é Kakugane e Busou Renkin? São tantas perguntas e em meio a todas elas, ele acabara se envolvendo no mundo da alquimia, com monstros, guerreiros e batalhas.

  • BUSO RENKIN Nº 01

    Em uma noite, o colegial Mutou Kazuki acaba vendo um monstro prestes a atacar uma garota. Ele pula na frente para salvá-la e acaba morrendo. Na manhã seguinte, Kazuki acorda como se nada tivesse acontecido e tudo não passasse de um pesadelo, mas mal sabe ele que sua vida foi salva pelo poder da Alquimia. Mas quem era a misteriosa garota? O que é Kakugane e Busou Renkin? São tantas perguntas e em meio a todas elas, ele acabara se envolvendo no mundo da alquimia, com monstros, guerreiros e batalhas.

  • RUROUNI KENSHIN Nº 13

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • RUROUNI KENSHIN Nº 12

    Sinopse:

    Durante 10 anos Kenshin andou pelo Japão até encontrar abrigo no Dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru Kamiya lecionava kendo no estilo Kamiya Kashin (Espada para a Vida). A errante caminhada do jovem ronin tinha um propósito: A expiação pelas inúmeras mortes que causara durante o Bakumatsu (fim do bakufu/shogunato) quando era um hitokiri (assassino retalhador) a serviço da Ishin Shishi (monarquistas que desejavam a restauração do governo para as mãos do imperador) do feudo de Choushuu.

    Nessa época, Kenshin ficou conhecido como “Hitokiri Battousai” ( Battousai, o retalhador) por sua grande habilidade com o Battoujutsu. Mesmo com a vitória dos monarquistas que culminou na derrubada do Xogunato Tokugawa, dando origem a Era Meiji, Kenshin, arrependido pelas inúmeras vidas que tirou, decide nunca mais matar. Mesmo terminando sua longa jornada, o ex-hitokiri terá de brandir novamente sua sakabatou (espada em que a lâmina encontra-se no dorso) para enfrentar novos e velhos inimigos.
  • SAMURAI X – ESPECIAL – Sakabatou de Yahiko

    Sinopse:

    Himura Kenshin é um andarilho com o passado negro, ele não era um simples samurai, e sim o assassino mais habilidoso do império, quando a revolução enfim conquistou o poder, ele apenas sumiu, jurando nunca mais matar ninguém. Depois de 10 anos de caminhada, Kenshin encontra em Tokyo Kamiya Kaoru, uma mestre espadachim, e junto com outros amigos enfrentam inimigos do passado negro de Kenshin.

  • SAMURAI X Nº 56

    Sinopse:

    Himura Kenshin é um andarilho com o passado negro, ele não era um simples samurai, e sim o assassino mais habilidoso do império, quando a revolução enfim conquistou o poder, ele apenas sumiu, jurando nunca mais matar ninguém. Depois de 10 anos de caminhada, Kenshin encontra em Tokyo Kamiya Kaoru, uma mestre espadachim, e junto com outros amigos enfrentam inimigos do passado negro de Kenshin.

Main Menu